Dispersões, Delírios e Divagações

Um blog de Fabiano Camilo

Curso de introdução à história para o Ministro Cezar Peluso

| 5 Comments

Não consigo entender como a mesma Ordem dos Advogados, que teve uma participação decisiva na aprovação desta lei, trinta anos depois reveja seu próprio juízo sobre o alcance da norma, como se tivesse acordado tardiamente.

Ministro Cezar Peluso, presidente do Supremo Tribunal Federal, no julgamento da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental – ADPF n. 153.

Porque, senhor Ministro, a OAB de hoje, que em outubro de 2008 impetrou a ADPF n. 153, e a OAB de ontem, que participou do processo de composição da Lei n. 6.683/79, são a mesma instituição apenas nominalmente. Conquanto possuam o mesmo nome, a OAB de hoje e a OAB de ontem são instituições diferentes, distintas, como diferentes e distintas são a sociedade brasileira dos anos 2008 a 2010 e a sociedade brasileira dos anos 1978 e 1979.

Author: Fabiano Camilo

... o eu deste instante preciso é fundamentalmente diferente do que era um segundo antes, algumas vezes o contrário, mas sem dúvida, sempre, outro. José Saramago, “Manual de pintura e caligrafia”

5 Comments

  1. Hahaha

    São em momentos como esse q eu chego a achar q sou um cara bonzinho. Ótimo comentário, Fabiano.

  2. Ser elogiado como malvado faz um imenso bem ao ego. Seu comentário me fez sentir a própria Bette Davis, Ulisses!

  3. Ah, sr. Ministro, mas que papelão! Em nenhuma delas houve espaço pra tanta ilusão!

  4. Queridíssimo,

    Foi por acaso descobri esse seu nicho de reflexões extraordinárias e estou me deliciando!!!
    Com relação à OAB, instituição em que trabalho desde 2001, teço algumas observações.
    Só posso dizer que a Lei da Anistia de 1979, aprovada por empenho do ilustre e intelectual (raridade) presidente da Ordem dr. Raymundo Faoro, foi uma medida emegencial para acabar com a tortura institucionalizada no Brasil. Foi a Lei que restaurou o direito ao Habeas Corpus, suprimido desde o AI5! Trinta anos depois, acompanhando a tendencia dos demais países latino-americanos, a OAB e a sociedade brasileira solicitam a revisão de uma lei acordada em um período tenso e sombrio. Como vc bem disse, a história é um processo e qualquer pessoa comum pode entender que em 1979 o mundo era outro, no sentido físico e metafórico. Basta dizer que o muro de Berlim ainda estava de pé e que a seleção brasileira ainda jogava futebol!

    Adorei,
    agora venho bisbilhotar sempre!
    Tem como seguir o blog?
    kisses cherry
    Cris

  5. Ah, é a Cris Britto.. com tantas ‘Crises’ no mundo…

Leave a Reply

Required fields are marked *.